21 de outubro de 2014

taylor swift book tag


Vi essa tag no blog da Mel e da Ana. Era pra ser respondido em vídeo, mas como só deus sabe quando eu vou perder a vergonha de mostrar a minha cara por aqui, respondo em forma de texto mesmo.
Confesso que não sou assim tão fã da Taylor Swift e conheço pouquíssimas músicas (e gosto de menos ainda: somente I Knew You Were Trouble e 22) porém amo responder qualquer tag sobre livros, filmes ou músicas, resolvi fazer.
Não fui indicada e também não indico ninguém, quem quiser fique a vontade para responder por conta! :)

1. We Are Never Ever Getting Back Together (um livro ou série que você estava amando, mas que por algum motivo acabou te decepcionando): A série Divergente, da Veronica Roth. Amei demais o primeiro livro (e só pra constar, o filme também. uma das melhores adaptações literárias que eu assisti nos últimos tempos) e aí of course que eu fiquei louca para ler o resto da série. O segundo foi bom, mas não tudo aquilo e quando cheguei no terceiro em que o motivo da "guerra" e do surgimento das facções foi desvendado eu tive vontade era de chorar de raiva e me matar pelo tempo perdido para ter um final de bosta.

2. Red (um livro que tenha a capa vermelha): Tenho vários livros com capa vermelha, porém ainda não li nenhum, shame on me. O que tá na minha lista de leitura pra LOGO é Parasita Vermelho da coleção de O Jovem Sherlock Holmes. Sou apaixonada pelo Sherlock em todos os meios: filme, série e livro e estou esperando MUITO desse, espero que não me decepcione.

3. The Best Day (um livro que te deixe nostálgica): Posso citar duas coleções? Sou eu que mando aqui então posso sim, HUE. A Série Vagalume e todos os livros de Harry Potter marcaram a minha infância de um modo que nem consigo explicar. Jamais terei a mesma emoção de quando era lançado um livro novo de HP. Saudades, muita saudades.

4. Love Story (um livro que tenha um caso de amor proibido): o único que consigo me lembrar é Romeu e Julieta, que embora a história (e o filme) sejam lindos, comprei o livro num formato de peça de teatro e demorei mais de mil séculos para terminar de ler. Cansativo, me fez quase odiar a história mais awn de sempre <3

5. I Knew You Were Trouble (um livro que tenha um personagem mau, mas que apesar disso te conquistou): Garota Exemplar. Um dos melhores livros que li nos últimos tempos. Você nunca sabe quem está falando a verdade e quando descobre, o modo como tudo foi planejado se torna sensacional. Ninguém é mocinho nesse livro e a história é tão boa e tão psicótica ao mesmo tempo que passei uns bons dias pensando e matutando sobre.

6. Innocent (um livro que alguém arruinou o final): Cidade das cinzas, acho. E nem foi bem o final. ATENÇÃO SPOILER ALERT. Geralmente se tratando de spoilers, eu mesma me boicoto. Amo a série Instrumentos Mortais e estava ainda lendo o primeiro livro quando decidi que procuraria sobre a série no google. Big, big mistake. Lendo apenas a sinopse descobre que o Simon virava vampiro e quis me matar e prometi a mim mesma que nunca mais procuraria nada.

7. Everything Has Changed (um livro com um personagem tenha tido um grande desenvolvimento): No Escuro, da Elizabeth Haynes. Quase ninguém conhece a autora e muito menos o livro. No Escuro conta a história de Catherine e de como um relacionamento nocivo tranformou ela de uma mulher atraente e independente, em alguém sofrendo de depressão e síndrome do pânico e de como ela deu a volta por cima. O livro é muito forte, porque é real. Recomendo demais.

8. You Belong With Me (um livro que você esteja ansiosa para que seja lançado): Não tenho nenhum pra lançar que eu esteja muito ansiosa. Claro, tem várias continuações e séries que quero muito terminar de ler, porém com a maioria já lançado. Como disse algumas categorias acima, nunca mais sentirei tamanha emoção quanto na época pré lançamento de qualquer livro do Harry Potter. good times.

9. Forever And Aways (um livro que tenha seu casal literário favorito): Talvez não seja o meu favorito, mas o que me veio primeiro a mente foi Mia e Michael da série O Diário da Princesa. Comecei a ler essa série também quando era adolescente e MEU DEUS como eu me via na Mia. Torcia tanto por eles quanto torceria por mim mesma na vida real. <3

10. Come Back, Be Here (um livro que você não empresta por medo dele não voltar): Não empresto livros, salvo raras exceções. Essas raras exceções são pessoas que são tão viciadas e paranoicas com livros quanto eu.  Caso não seja, sempre vou conseguir inventar uma desculpa por mais esfarrapada que seja. NÃO DOU, NÃO EMPRESTO, NÃO VENDO, NÃO MEXE. My precious.

A tag original tem só essas dez músicas, mas como a Mel e a Ana fizeram faixas bônus, farei também, hahaha.

Tear Drops On My Guitar (um livro que você chorou horrores): Se eu ficar. Como não chorar com um livro que logo no início já tem um acidente terrível em que a mocinha-protagonista perde toda sua família? GENTE EU CHOREI ATÉ NO TRAILLER DO FILME. NO TRAILLER. Chorei, chorei, chorei. Fiz questão de não levar pra ler no trabalho pra não correr o risco de me debulhar em lágrimas na frente dos outros.

Shake It Off (um livro que você ama muito e não tá nem aí pra quem odeia): Tive que pensar muito pra achar um que encaixasse na categoria. Se fosse série, estaria na ponta da língua (Teen Wolf, my guilty pleasure. Cada vez que falo pra alguém que morro de amores por essa série recebo caretas e olhares tortos. Hatters gonna hate.). Ok, livro. Lua Nova. Gente, eu amo a série Crepúsculo. Nos livros, claro. Já perdi as contas de quantas vezes li Lua Nova, meu favorito e com os melhores quotes da série (sou dessas). A maioria das pessoas tem preconceito pois os filmes CAGARAM com o livro, porém tô nem aí e continuo amando e relendo e sendo feliz assim.



Me sigam nas redes sociais:

.

12 de outubro de 2014

abraçando patinhas - porque adotar e ajudar é tudo de bom

Tive minha primeira cachorrinha quando tive uns cinco anos. Ela se chamava Samantha e logo no primeiro ano com a gente já trouxe mais dois anjinhos para casa: o Mickey e o Bethoven (minha criatividade para nomes quando eu era pequena aparentemente era 0%).
Mickey foi pro sítio da minha vó e o Bethoven ficou conosco e viveu por 16 anos. Quando ele morreu eu já tinha 23 anos e nossa, me abalou demais, afinal, eu perdi o companheiro que tinha ficado comigo por quase toda a minha vida até ali. Apesar de não ter quase nada de memórias fotográficas dessa época, foi uma época maravilhosa e eu os amava da maneira mais pura e sei que eles também.
Pra preencher esse vazio deixado por eles, uns meses depois resolvi voltar a ter um cachorro. <3 Sempre gostei de vira-latas e também sempre pensei o porquê eu comprar um cachorro se tem tantos largados por aí esperando justamente alguém que lhes dê amor, comida e carinho?

Aí, eu adotei a Lyla, na ONG Voluntários Spabichofeliz, que chegou toda pequenininha, gracinha e diva, pra virar esse boi que vocês tão vendo nas fotos:

Pouco tempo depois, eu e meu boy conhecemos o facebook de uma ONG que ficava numa cidade vizinha daqui e que abrigava e cuidava mais de 250 cachorros abandonados, a ONG dos Peludos. Decidimos então que já era a hora de gastar uma graninha e ajudar essas criaturinhas tão lindas e puras. Chegamos lá e me deparo com essa coisinha mais linda do mundo, a Meg (que agora é super chique e até possui um instagram, o @lifewithmeggg.).
Ela chegou com todo o tipo de problema: vermes, pulgas, sarna, diarréia. E quando tava quase curadinha de tudo, pegou conjutivite. É mole ou quer mais?

Porque contei toda essa história pra vocês?
O Rotaroots elegeu outubro como o mês da proteção animal e montaram o projeto "Abraçando Patinhas", que tem como objetivo promover a conscientização da adoção de animais e, principalmente, a guarda responsável (ou prezar pelo bem estar do seu bichinho). Em parceria com a Max da Total Alimentos, o Rotaroots vai doar UMA TONELADA de ração para a ABEAC ONG, uma ONG de proteção animal de SP responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães e que sobrevive de doações.

E nós podemos fazer mais? SIM SENHOR!
Podemos aumentar essa quantidade de ração fazendo doações para a ABEAC a partir de R$6 (SEIS REAIS) link da ONG no programa Max em Ação. A cada doação feita, a Max acrescenta mais 50% em cima. Exemplo: se você doa 10kg, a Max inclui mais 5kg e a ABEAC receberá 15kg no total. Ou seja, se cada pessoa doar a quantidade mínima, que é de 1kg (R$6) + os 50% da Max, teremos mais 3 toneladas de ração para ser doada além da 1 tonelada garantida. Isso sem falar de pentelhar os amigos, leitores e seguidores a fazerem uma doação.

Quer ter seu blog participando também? Clica nesse link e vem com a gente!

Além dos links da doação e da ONG ABEAC, deixarei os links das ongs em que eu adotei as minhas cachorrinhas, qualquer ajuda pra elas também é super bem vinda!

ONG ABEAC -  http://abeac.org.br/
Link para fazer a doação: http://bit.ly/doaABEAC

ONG Voluntários Spabichofeliz: https://www.facebook.com/perfilspabichofeliz?fref=ts
ONG dos Peludos: http://www.ongdospeludos.com.br/



Me sigam nas redes sociais:

10 de outubro de 2014

desafio musical dos 250 dias #5 (29-35)


Link com as perguntas aqui.




29-Uma música que te lembra sexo



poderia incluir nesse item qualquer música do Marilyn Manson 
(sou estranha, me julguem), porém essa..... ♥♥♥

30-Uma música que tenha um número no título


NOW I'M FEELING SOOOOOO FLYING LIKE A G6666 *TODOS PULAM*
amo/sou e fico louca até hoje

31-Uma música com título complicado


HAHAHAHAHAHA não consegui pensar em nada melhor -.-

32-Uma música que você considera longa


Longa porém linda e amor ♥

33-Uma música que você considera clássica


não precisa nem de comentários.

34-Uma música que te faz sorrir


música e clipe tão fofinhos que dá vontade de nhac ♥

35-Uma música que faz criticas



clássico tapa na cara ♥

Não sei se é só aqui que o blogger tá loucão, mas só passei raiva tentando fazer esse post. Incorporava um dos vídeos, aí quando eu ia incorporar o outro, o de cima sumia. ALOU BLOGGER, EU TENHO MAIS O QUE FAZER OK??
Anyway, mais alguém aí faz o desafio? :)

Me sigam nas redes sociais:

.

7 de outubro de 2014

7 on 7 (outubro)

Criatividade pegou suas malas, foi embora e nunca mais voltou. Essa é a definição básica desses últimos tempos aqui do blog, que tá tão abandonadinho que dá dó. Tive uma fasezinha meio desanimada e of course que isso afetou o blog. Estou com muitas idéias de posts e de coisas novas e animadinha, creio que essa fase passou e espero que não volte tão cedo, haha.
Whatever, o nosso grupo desse projeto também tá meio largadinho, o tema desse mês foi livre (na verdade poucas meninas se manifestaram, but ok) e eu escolhi as minhas preferidas do meu instagram porque a minha animação e vontade de postar voltou, a criatividade, nem tanto :P
Pra me seguir no instagram meu user é @suuh_e e também fiz um instagram pra minha vira latinha mais linda desse mundo, se quiserem seguir, o user dela (HAHAHAHAHA) é @lifewithmeggg.
trabalho do mês: arts em crafts
melhor filme por causa de: Dylan O'Brien ♥
novo vício.
porque pizza de doritos é o paraíso na terra
feio porque sim
eu, sendo sexy sem ser vulgar

Para ver as fotos das outras meninas do projeto, acesse os links:

Me sigam nas redes sociais:

.

8 de setembro de 2014

7 on 7 (setembro)

Só um dia de atraso nesse mês, tôu melhorando cês não acham? HAHAHA Anyway, o tema desse mês foi cores e cada uma escolheu uma para fotografar. Escolhi o lilás/roxo que em uma época da vida foi minha cor favorita, hoje não tenho nenhuma (verde ou preto, maybe).
um dos meus livros preferidos EVER
chaveiro que tive que comprar de um vendedor de rua chatissíssimo do uruguai
plano de fundo novo (na verdade faltava uma foto e improvisei, whatever)
meias quentinhas porque sim
era pra ser um par de brincos, porém foco fail
odiei, porém o colar é amor ♥
almofada a.k.a. porta pijama

Para ver as fotos das outras meninas do projeto, acesse os links:

Me sigam nas redes sociais:

.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...