8 de fevereiro de 2016

keep calm and no more cobrança

Passei um bom tempo tentando pensar num título pra mais esse post super aleatório sobre esses primeiros dias do ano e não é que esse caiu como uma luva?


Janeiro foi até melhor que eu esperava. E passou voando, né não?
Nesse início de ano meio que percebi que eu realmente taquei o foda-se. Ai gente, e que sensação maravilhosa essa!
Cansei de me cobrar demais por coisas supérfluas, cansei de ficar na ~bad~ porque não conseguia fazer tudo o que queria, cansei de ficar de mau humor porque não tenho o trabalho que quero (ainda), e milhares de outras coisas que eu só... Cansei.
Finalzinho do ano passado eu tava tão estressada com as coisas que qualquer coisinha virava uma tempestade e, nossa, isso quase me fez ter um colapso nervoso.

Nesse primeiro mês (e alguns dias desse segundo) aprendi a aceitar mais as coisas. Aprendi a aceitar que eu tenho que aproveitar o meu tempo da maneira que eu tô a fim no momento. E sem me sentir culpada por isso.

Se eu quero postar com mais frequência por aqui e virar uma blogueira melhor? Quero sim! Mas se eu não conseguir fazer isso hoje, tá tudo bem também.
Quero ler mais, quero ficar em dia com as séries, quero me formar e estudar mais línguas, quero economizar quero ser mais fiel ao blog, aos desafios fotográficos que participo, quero ser mais organizada, quero desapegar mais... Quero muita coisa. E tô fazendo isso, aos poucos.

Se eu não consegui fazer nada disso hoje, foi porque passei o meu tempo da maneira que mais me fez feliz, seja fazendo nadas, seja conversando sobre aleatoriedades com a minha mãe, tomando chimarrão e vendo futebol com meu pai, passando o tempo com meu namorado ou gastando todo o tempo livre pra brincar e mimar minhas cachorrinhas. E isso me fez uma pessoa feliz.

Sem me culpar, sem me cobrar, apenas aproveitando tudo o que eu tiver vontade nesse momento.
E tá sendo a melhor coisa do mundo!


.
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo